domingo, 10 de abril de 2011

CAMÉLIAS, a despedida

Estando prestes a partir, atapetam florindo e nutrindo, o chão que as sustenta. Poucas restarão quando puserem o PÉ n’ TERRA os que ao caminho os pés tiverem posto.

Desejando boa viagem, despedem-se, por isso, confiantes na cordialidade do acolhimento das suas não menos nobres e belas irmãs flores silvestres.

Lisete de Matos

Açor, Colmeal 10 de Abril de 2011

Sem comentários: