sábado, 2 de abril de 2011

Assembleia-Geral da União foi participada

.
Na passada quarta-feira, 30 de Março e conforme havia sido anunciado, realizou-se a Assembleia-Geral (AG) da União Progressiva da Freguesia do Colmeal.
Desde Agosto de 1987, numa AG realizada no Colmeal, que não se registava um número de sócios tão elevado e onde os mais jovens marcaram assinalável presença.
Iniciada a sessão e depois de lida a acta da AG anterior que foi aprovada, o Presidente da Mesa, António Santos Almeida concedeu a palavra ao Presidente da Direcção para a leitura do Relatório e Contas do mandato.
António Domingos Santos, ladeado pelos elementos da Direcção, iniciou a leitura do documento onde se refere a linha orientadora que continua a focar-se em acções de carácter social, cultural e recreativo mas não deixando de acompanhar de perto o desenvolvimento que se verifica na freguesia.
A União tem procurado manter e reforçar o bom relacionamento que sempre existiu com a Câmara Municipal de Góis, Junta de Freguesia do Colmeal e com as restantes entidades que têm colaborado habitualmente nas variadas realizações levadas a cabo.
Canoagem no Ceira, uma aposta ganha na divulgação do concelho e da região, voltou a trazer ao Colmeal dezenas de praticantes para mais duas descidas realizadas com a preciosa ajuda dos sócios Mário Martins e Carlos Dias e da Kompanhia-das-águas.
As Caminhadas “Pelos Trilhos do Vento e da Solidão” e “Pelos Trilhos da Mimosa” mobilizaram participantes dos mais diferentes níveis etários que se aventuraram a redescobrir os caminhos antigos e onde destacamos as simpáticas colaborações dadas pela Liga de Amigos de Aldeia Velha e Casais, Comissão de Melhoramentos de Malhada e Casais, Comissão de Melhoramentos do Soito e do Grupo de Amigos de Sobral, Saião e Salgado. A Junta de Freguesia do Colmeal mais uma vez participou activamente na esforçada tarefa de limpeza dos caminhos.
Excursões a Santiago de Compostela (dois grupos), “À descoberta do Colmeal” (dois autocarros), ilha da Madeira (dois grupos) e Andaluzia (um grupo), proporcionaram à União um assinalável êxito. Procurou-se sempre conciliar a cultura com o lazer nestas deslocações que incluíram várias localidades, monumentos ou regiões consideradas Património da Humanidade.
A União Progressiva manteve nos dois anos do mandato a realização das Festas de Verão com os jogos tradicionais, futebol, ciclismo, atletismo, natação e tiro ao alvo. Os convívios realizados nas Seladas registaram sempre uma presença muito considerável de colmealenses. A Juventude em 2009 proporcionou uma noite diferente, com uma imaginativa e interessante passagem de modelos. Também o Rancho Folclórico Serra do Ceira teve participações muito aplaudidas.
Os magustos, por questões atmosféricas adversas, tiveram que ser recriados no Largo com a compreensão dos presentes.
Nas Festas de Natal no Centro Paroquial Padre Anselmo, todos, independentemente da sua idade, continuam a merecer a atenção e o carinho da União. Brinquedos para os mais novos e um lanche para todos os presentes proporcionam gratos momentos.
Os almoços comemorativos do aniversário da colectividade realizados em Fazendas de Almeirim e em Góis continuaram a ser grandes manifestações de um regionalismo que se pretende em mudança e a reunir um extraordinário número de colmealenses.
A Biblioteca da União, que também merece uma referência no presente Relatório, já comporta vinte estantes, sendo que quase todas foram oferecidas. Muitos livros ainda aguardam, no entanto, por uma criteriosa selecção antes de serem disponibilizados.
Para a requalificação do terreno que a União possui à Cova “foram dados durante o mandato passos importantes”. Há vontade política para ajudar a colectividade a levar por diante esta sua antiga aspiração. A Senhora Presidente da Câmara Municipal de Góis na alocução durante o piquenique realizado no Parque de Merendas das Seladas manifestou a sua disponibilidade para proporcionar à juventude e aos colmealenses a concretização deste projecto, porque será mais um pólo de atracção para os jovens e para quem visita a freguesia.
A comunicação social regional foi objecto de merecido elogio nas páginas do Relatório pela divulgação que tem feito das actividades da União, assim como o associado Francisco José Carreira da Silva, que desde 2007 tem sido o principal responsável pelo êxito do blogue que criou e vem mantendo com enorme interesse, não só pelas notícias que apresenta mas também pelas fotografias, algumas delas muito antigas.
A União Progressiva esteve representada em todas as realizações levadas a efeito pelas colectividades suas congéneres, quer em Lisboa quer na freguesia, sem que isso constituísse qualquer encargo para a associação.
De assinalar uma presença maciça na homenagem feita a título póstumo em 13 de Agosto de 2009 pela Câmara Municipal de Góis por proposta do Presidente da Junta de Freguesia do Colmeal, a António Santos Almeida (Fontes), Fernando Henriques da Costa e Manuel Martins Barata, ex-dirigentes da União.
Nos quadros apresentados foi realçada a admissão de 31 novos sócios e a melhoria de 26,2% verificada nos valores de quotização.
O Património registou uma subida de cerca de 6 mil euros, situando-se agora próximo dos vinte e sete mil euros, sem que existam quaisquer dívidas ou encargos.
As disponibilidades, fruto de uma criteriosa gestão, aumentaram 34% face ao período anterior. Os resultados sofreram um acréscimo de apenas 2%, o que mesmo assim se considerou como satisfatório tendo em atenção todo o movimento efectuado.
A finalizar o Relatório, a Direcção propôs vários votos de agradecimento e um minuto de silêncio pelos sócios falecidos.
O Parecer do Conselho Fiscal foi lido pela Presidente, Maria Lucília Carreira da Silva.
As intervenções que se seguiram, quer a do Presidente da Mesa quer as de alguns dos associados presentes, realçaram a qualidade e a transparência do Relatório e o desempenho verificado no mandato, o que conduziu à sua aprovação unânime.
No segundo ponto da Ordem de Trabalhos procedeu-se à eleição dos novos Corpos Gerentes para o período de 2011/2012, onde a grande novidade é o ressurgimento de uma Comissão de Juventude, fruto do trabalho desenvolvido pela Mariana Costa e Silva e que parece contrariar o que muito se tem dito e escrito sobre o alheamento dos nossos jovens face ao Regionalismo.
Antes da eleição já os jovens tinham sido merecedores de palavras de admiração e de encorajamento, tendo ficado bem evidente a disponibilidade para apoio e colaboração que lhes foi demonstrada pelos presentes entre os quais alguns familiares próximos.
Foram ainda apresentados alguns assuntos de carácter regionalista conforme previa o último ponto da Convocatória, tendo-se seguido a tomada de posse.
Os Corpos Gerentes eleitos para o biénio de 2011/2012 são os seguintes:
Mesa da Assembleia-Geral: Presidente, Fernando Pinto Caetano; Vice-Presidente, António Santos Almeida; Primeiro Secretário, Ana Sofia Ramos Teixeira Correia; Segundo Secretário, Maria Paula Gaspar de Almeida Ramos.
Direcção: Presidente, António Domingos Santos; Vice-Presidente, Manuel Martins dos Santos; Primeiro Secretário, Luísa Maria Canelas Costa; Segundo Secretário, Maria Lucília Domingos Pinto Carreira da Silva; Tesoureiro, Artur Domingos da Fonte; Primeiro Vogal, Anabela Cerejeira Almeida Domingos; Segundo Vogal, Joaquim Luís Pinto.
Conselho Fiscal: Presidente, António Manuel Henriques Mendes Domingos; Relator, José Manuel Costa Ramos; Vogal, Álvaro de Jesus Martins.
Delegação no Colmeal: Presidente, José Álvaro Almeida Domingos; Secretário, Catarina Alexandra C. Almeida Domingos; Tesoureiro, Belmira Fontes de Almeida.
Comissão de Juventude: Mariana Brás da Costa e Silva, André Alexandre Vilhena Santana, Daniel Costa Caetano, Diana de Almeida Ramos, Diogo Alexandre Vilhena Santana, Filipe Manuel Almeida Iria, Gonçalo Duarte Martins, Gonçalo Gil Costa da Fonseca, Inês Duarte Martins, Jorge Miguel Domingos da Fonte, Tiago José Cerejeira Domingos e Vanessa Filipa Ferreira Vicente.
Pela Direcção da UPFC
A. Domingos Santos
Fotos de Francisco Silva

Sem comentários: