terça-feira, 21 de dezembro de 2010

NATAL no Centro

A União Progressiva da Freguesia do Colmeal juntou no passado domingo, dia 12, no Centro Paroquial Padre Anselmo crianças e adultos para a tradicional festinha de Natal. No exterior, o Sol convidava os que iam chegando a aproveitar um pouco do seu calor e a levá-lo para dentro, onde a lareira amenizava o ambiente. Depois o calor humano fez o resto e encheu a sala. Mais uma vez a Caritas a todos quis presentear com um óptimo caldo verde, rissóis, pastéis e croquetes e, como de costume, as senhoras do Colmeal associaram-se à festa com os seus doces deliciosos.
Os presidentes da União Progressiva, Assembleia de Freguesia e Junta de Freguesia proferiram algumas palavras alusivas ao evento, notando-se que os mais pequenos, cada vez em menor número, não tiravam os olhos dos embrulhos tentando talvez adivinhar o que neles estaria escondido. Depois de toda a expectativa finalmente chegou o momento tão esperado e desejado. Cada um foi recebendo o seu presente e depois no chão da sala, num espaço que de repente se tornou pequeno, de imediato quiseram experimentar e desvendar todos os segredos do brinquedo que o Pai Natal lhes trouxera.
Maria Augusta Coutinho e Jaime Martins de Almeida, os dois “jovens com mais primaveras” presentes no convívio, receberam uma pequena lembrança e sentiram o carinho e a ternura que a União Progressiva tem pelos mais idosos.
No final foi encontrada junto da árvore de Natal mais uma prenda para uma “menina traquina”. Como disse António Santos, era uma menina que não parava quieta, que se levantava muito cedo, cuidava dos seus, das suas flores e dos seus animais, ia para o campo, apanhava azeitonas e medronho, de máquina fotográfica sempre por perto ia registando todas as espécies de fauna e flora com que se deparava (estamos no Ano da Biodiversidade), escrevia artigos muito interessantes para a imprensa e para o blogue da União e era um exemplo a seguir pela grande mulher solidária que era. A “menina traquina” ficou surpreendida com a prendinha que não era esperada mas o seu sorriso largo parece desculpar-nos o atrevimento da nossa brincadeira. Um agradecimento muito grande, muito sincero, a todos aqueles que mais uma vez nos ajudaram a tornar possível a realização desta festa. BEM-HAJAM! Fotos de Catarina Domingos e Francisco Silva

1 comentário:

Anónimo disse...

Parabéns mais uma vez, pela iniciativa mais uma vez tomada. Como disse na ocasião, é um evento que aprecio, pela intimidade de que se reveste e pela oportunidade de convívio inter-geracional e inter-localidades. No que me diz respeito, nem sei o que dizer. Não merecia. Obrigada.Bom Natal e o melhor Ano Novo possível para todos.

Lisete de Matos