domingo, 11 de maio de 2014

SOL NASCENTE, SOL POENTE



“Sol nascente, sol poente” é o título da mais uma exposição de pintura de Josefina Almeida. Estará patente ao público até ao próximo dia 30 de maio, na sala de exposições Guilherme Filipe, em Arganil. Foi inaugurada no passado dia 8, com a presença da senhora vereadora do pelouro da cultura, Drª Paula Dinis. 



Trata-se de uma exposição muito interessante e de grande beleza. “Sol nascente, sol poente” nas cores, nos sentimentos e nos afetos, a exposição entrelaça as raízes e memórias do passado com as vivências do presente, na esperança do futuro. Da harmonia do conjunto sobressaem a imaginação, o encantamento, a suavidade das cores, a delicadeza das formas. No espaço, respiram-se frescura, serenidade e magia. 





De um outro ponto de vista, apelando à contemplação e à reflexão, a exposição apresenta-se como reencontro sempre fascinante com a determinação e a tenacidade de uma mulher, a autora, que persiste, apesar de os obstáculos, na senda da beleza e da concretização dos seus sonhos e ideais. Muito bonito e comovente, um exemplo! 

Josefina Almeida é natural de Açor, Colmeal, Góis Participou em inúmeras exposições individuais e coletivas de pintura e bordado matiz sobre linho. Escreve, nomeadamente poesia, campo em que tem produções publicadas. Integra o “Dicionário de Autores da Beira Serra”, da autoria de João Alves das Neves (Lisboa, Dina Livro, 2008, p. 31), bem como as “Imagens de Góis”, em http://concelhodegois.weebly.com, da autoria de João Nogueira Ramos. 

Açor, Colmeal, 9 de maio de 2014

Lisete de Matos

1 comentário:

Catarina Matos disse...

Um texto magnífigo sobre as imaginens sublimes, de duas Mulheres de quem sinto ENORME orgulho!
Origada!