terça-feira, 1 de março de 2016

NEVE NA SERRA


Foi no sábado, dia 27 de Fevereiro. O Colmeal acordou envolto num manto de neve. Como na Balada de Augusto Gil, a neve havia caído “do azul cinzento do céu, branca e leve, branca e fria” durante a noite e a madrugada.























A serra estava soberba, um encanto. Paisagens maravilhosas, autênticos postais, que nos fazem esbugalhar os olhos. É nossa obrigação divulgar o que de melhor a nossa região tem para oferecer. Obrigação que não deverá ser só nossa, mas de todos.

Texto e fotos de A. Domingos Santos


5 comentários:

Anónimo disse...

Um fascínio, a neve! Quem sabe se por lembrar um manto que protege e afaga! Tanto que transforma mansinho a natureza e as coisas, que é uma pena ser tão rara! E, por isso, tão preciosa! Obrigada pela partilha.

Lisete de Matos

Orlando Sousa Santos disse...

A neve é muito bonita mas o fotógrafo capturou-lhe a beleza e levou-a ao cimo!

Catarina disse...

Foi sem dúvida, um fim de semana repleto de emoções. Muito Obrigada pela beleza capturada nas suas fotografias.

Rosário Cardoso disse...

Fotos maravilhosas, para quem como eu só viu nevar três vezes e duas delas no estrangeiro fiquei maravilhada, claro que ver ao vivo é outra coisa, mas mesmo assim obrigada pela divulgação
Rosário Cardoso

Anónimo disse...

LINDO!!! Nunca tinha visto a nossa serra assim.
Recordo histórias que o meu avô contava, de quando a neve tapava a entrada da porta, impedindo-os de sair de casa. Claro que a solidariedade dos vizinhos resolvia o problema. Mas esses nevões são já história, do início do século passado. Que falta que ela faz... até à alma! Que imagens lindas!
Bem-hajam pela partilha.
Deonilde Almeida