quarta-feira, 24 de setembro de 2014

COLMEAL EM TRÁS-OS-MONTES (1)


A União Progressiva da Freguesia do Colmeal levou a cabo mais uma das suas actividades programadas para este ano e de 12 a 15 de Setembro rumou até ao Nordeste Transmontano com seis dezenas de associados e amigos da colectividade.

Ao longo da viagem tivemos oportunidade de conhecer talvez uma das regiões mais desconhecidas dos portugueses e muito em especial dos Colmealenses: Trás-os-Montes, que tal como o restante país encerra uma beleza particular e a torna única.

Com as suas magníficas paisagens onde a Natureza é rainha, os monumentos e as cidades cheias de história, passámos quatro magníficos dias.

Mas viajar não é só história, é também descobrir outras realidades, cheiros e sabores, é conhecer novas gentes, novas tradições… é, no fundo, passar bons momentos em boa companhia… na SUA companhia e trazer recordações únicas e inesquecíveis.

Tentaremos dar-lhe a conhecer, embora resumidamente, o que foram estes dias.












No dia 12, o primeiro dos quatro dias, embarcámos em Santa Apolónia e na Gare do Oriente, no Alfa Pendular, onde uma das carruagens estava reservada para o grupo. Meio de transporte que não é muito utilizado em excursões permitiu-nos um certo à vontade de movimentos e a possibilidade de deslocação até ao bar para tomar um café ou um chá ou aguardar calmamente pelo carrinho com o pequeno-almoço. E fomos passando por Vila Franca de Xira, Santarém, Entroncamento, Coimbra, Aveiro, Espinho, Vila Nova de Gaia até Campanhã, na cidade invicta. Mudámos então para o Inter-Regional que atravessando uma paisagem lindíssima nos levou por Ermesinde, Paredes, Marco de Canaveses, Caldas de Moledo até à bonita cidade da Régua.








Um almoço excelente aguardava-nos no restaurante “Varanda da Régua”, localizado no coração da Região do Vinho do Porto, que nos encantou não só pela simpatia do seu pessoal mas também pela paisagem envolvente, com o Douro a estender-se lá em baixo ladeado pelos socalcos, pelas vinhas e pelas famosas Quintas.


















Prosseguimos até Vila Real onde visitámos a Casa e Palácio de Mateus, um edifício barroco construído na primeira metade do século XVIII, com uns jardins magníficos onde tivemos oportunidade de degustar um agradável vinho do Porto. Continuámos depois até Bragança onde jantámos e pernoitámos.

UPFC

Fotos de A. Domingos Santos

Sem comentários: