segunda-feira, 10 de outubro de 2016

COLMEAL foi a CABO VERDE


(Para ampliar clique Ctrl + imagem)

Terminamos recentemente a publicação de uma série de apontamentos sobre o que foi a nossa “Redescoberta de Cabo Verde”. Entre 23 e 31 de Julho. Três ilhas, que nos deixaram saudade e vontade de voltar.
Uma das nossas companheiras de viagem, a Clara Costa, preparou a sua crónica de viagem para o jornal Público, publicada anteontem, 8 de Outubro, no caderno FUGAS, para onde escreve com alguma regularidade.

Transcrevemos seguidamente a mensagem que nos remeteu por correio electrónico, em que lamentava o corte, já aguardado, porque excedera o número de caracteres reservado para as crónicas.

Queridos amigos,
Cá estou eu com as minhas crónicas! Este ano é sobre Cabo Verde, minha recente viagem. Como me estendi para além dos 2.500 caracteres, limite imposto pela Fugas, a penalização foi omitirem o último parágrafo da crónica. Como acho que foco nele algo que bastante me sensibilizou, transcrevo-o aqui para assim completar o que senti na alma.

"Também me impressionou a força da mulher africana que consegue criar inúmeros filhos e trabalhar no comércio ou na venda ambulante com um deles às costas, mas sempre com um sorriso, uma palavra simpática, um adeus. E foi devido à simpatia dos Cabo-verdianos, seu acolhimento, sua poesia e falarmos a mesma língua que, neste país, nunca me senti estrangeira!"

O link online tem 2 fotos e é: 


Um abraço para todos e obrigada pela vossa paciência
Maria Clara

A União Progressiva da Freguesia do Colmeal agradece sensibilizada, a presença e o companheirismo da Clara Costa, no grupo que visitou Cabo Verde.


UPFC

1 comentário:

Anónimo disse...

Depois das 5 reportagens maravilhosas e documentadas com textos e fotos, feitas pela Direção do Colmeal e já comentadas, é com alegria que vejo, uma companheira de viagem fazer uma descrição fiel do passeio a Cabo Verde.
Bem haja por fazer relembrar aqueles dias bem passados em Cabo Verde.

Manuel Lemos

Sócio