segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Festa de Natal no Colmeal



A União Progressiva da Freguesia do Colmeal manteve a tradição ao realizar a habitual festinha de Natal para os mais pequenitos e para os mais idosos. O Centro foi pequeno para acolher todos os que se quiseram associar a esta manifestação de carinho e de solidariedade.
Os mais pequenos rondavam a árvore de Natal, curiosos e expectantes, tentando descobrir o seu brinquedo. Os olhitos brilhavam mas também se interrogavam sobre o que estaria escondido para lá do papel de embrulho que mantinha tudo num grande mistério.
Os mais idosos iam conversando. Muitos vêem-se só ao domingo, quando das suas aldeias se deslocam ao Colmeal para a Santa Missa. Estes são os resistentes, os fiéis às suas origens.





Com a manhã a prometer chuva mantinha-se no entanto uma temperatura agradável.
Lá dentro, o calor humano e a lareira aqueciam o Centro. Na mesa, bem composta, sobressaíam os bolos confeccionados com a simpatia e o carinho de senhoras beirãs.
Os motards do Góis Moto Clube na habitual ronda que todos os anos fazem pelas aldeias do concelho nesta quadra natalícia e correspondendo ao nosso convite também se associaram alegremente no colorido dos seus fatos, com uma lembrança para os mais pequenitos.








O presidente da União em breves palavras agradeceu a presença de todos e a todos aqueles que mais uma vez, graças à sua generosidade e sensibilidade, tornaram possível a manutenção desta já tradicional festinha de Natal. O presidente da Assembleia de Freguesia manifestou igualmente o seu agrado pela feliz realização.


O Nelson, o Jorge, a Catarina, o Ricardo, o Sérgio e a Beta, que ainda não há muitos anos ali receberam os seus brinquedos, fizeram a entrega aos mais pequenos, entre os quais se encontravam os seus filhos. O Tiago ajudou… mas apenas entregou aos filhos dos outros.

















No final houve ainda uma pequena lembrança para os mais idosos.






UPFC
Fotos de Francisco Silva


3 comentários:

Anónimo disse...

À velocidade dos menos de 700 kb a que recebo a internet, ainda não consegui abrir todas as fotografias. Mas como estive lá, posso dizer que foram uma festa e um encontro muito interessantes. Festa porque celebrava-se o Natal e a satisfação era evidente; encontro porque estavam presentes pessoas de várias localidades e nacionalidades, de idades e modos de vida muito distintos. Todas reunidas e unidas pelos laços afetuosos da União.

Fã incondicional desta celebração, de que outro modo, teria o privilégio do contacto rejuvenescedor com tantos jovens, mães e pais felizes e com tantas crianças, lindas, irrequietas, futuro antecipado? Verdadeiramente, um outro Colmeal! Tristemente, faltavam mais velhos.

Gostei muito! Também de ver precisamente os mais novos a fazerem a distribuição das prendas.

Bom Ano para todos. Abraço.

Lisete de Matos
Açor, Colmeal

Francisco Silva disse...

Infelizmente é o país que temos, nos tempos em que apregoam a velocidade da fibra a 1 Gb e mais (mas é só para alguns que têm dinheiro).
No entanto já enviei para o seu email as fotos com um pouco menos de resolução.
Um abraço e um bom ano.

rosario cardoso disse...

Ainda bem que vão havendo estes "carolas" que não deixam morrer as nossas tradições, fico sempre sensibilizada com estes encontros de gerações, é bonito
de ver os mais novos com avós ainda que sejam "emprestados". BOM ANO PARA TODOS.