sábado, 23 de janeiro de 2016

U. P. F. COLMEAL - QUOTIZAÇÃO



A enorme dispersão geográfica da residência dos nossos sócios torna cada vez mais difícil a tradicional cobrança personalizada da quotização. Por outro lado, as novas tecnologias vêm permitir-nos facilmente ultrapassar, sem custos adicionais e com maior conforto e rapidez, essa aparente dificuldade.

Longe vão os tempos em que os filhos das nossas aldeias que em Lisboa procuravam melhores proventos se concentravam em núcleos nos bairros mais modestos, como o da Mouraria, do Castelo, de Alfama ou do Bairro Alto. Havia uma maior facilidade nos contactos pessoais. Por essa altura a quota era mensal. Um pequeno quadrado com o símbolo ou logótipo da União. Recordamos com muita saudade Francisco Luís que durante muitos anos desempenhou essa difícil missão. Depois, a quota passou a ser trimestral, o que veio facilitar de certo modo a tarefa. Mais tarde passou a semestral e de há anos a esta parte, a quota anual.

Joaquim Luís Pinto seguindo as pisadas do seu pai Francisco Luís tem assegurado a cobrança nestas últimas décadas. Um desempenho notável, que nem sempre é fácil pelas distâncias a percorrer ou pelos sobressaltos que os anos vividos por vezes nos causam. Tem sido um exemplo de enorme generosidade ao não apresentar quaisquer encargos para a nossa colectividade. Vamos continuar a contar com ele mas vamos também tentar ajudá-lo contando com a compreensão de todos os nossos associados.

A Direcção da União Progressiva da Freguesia do Colmeal tem vindo a sugerir e alguns sócios solicitam-nos mesmo, a utilização das novas tecnologias.
Transferências efectuadas por Multibanco (sem custo para o utilizador) ou via Internet já representaram 37,4% do valor da quotização no ano passado.

Nos próximos dias iremos começar a enviar cartas com as quotas deste ano. É natural que em alguns associados surja a surpresa, mas, estamos convictos, de que teremos a colaboração e a melhor compreensão para as dificuldades actuais de uma cobrança personalizada. A nossa Delegação no Colmeal e todos os demais dirigentes da União privilegiarão, sempre que possível, o contacto directo com os seus associados.

A Direcção

2 comentários:

Anónimo disse...

Uma sugestão:
Para quem utiliza já o mail, talvez se pudesse dispensar os custos de correio, com a indicação do IBAN, para a transferência bancária.
Deonilde Almeida

Rosário Cardoso disse...

É uma óptima ideia o pagamento das quotas por transferência bancária, fico á espera da carta com os dados, obrigada
Rosário Cardoso