quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

No Colmeal - Novo espaço de lazer








Foi no dia 15 do mês de Setembro de 2013 que no Colmeal foi inaugurado um novo espaço de lazer a que se deu o nome de «Cantinho da Saudade». Carlos de Jesus, presidente da Junta de Freguesia era um homem feliz por ter finalmente resolvido um problema que se arrastava há demasiado tempo. A partilhar este momento teve a seu lado os presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal de Góis, vereadores, outros autarcas, dirigentes de colectividades regionalistas e muitos Colmealenses.

A União Progressiva da Freguesia do Colmeal que sempre manifestou preocupação e interesse por uma solução que a todos servisse esteve presente com vários dos seus dirigentes. Da curta intervenção que o seu presidente proferiu, destacamos:

Aqui existiu, neste local, a casa mais rica do Colmeal. A Casa Mendes, como então era conhecida. Recordo de a minha avó, mãe de minha mãe, me falar que quando era pequena, raparigota, tal como tantas outras da idade dela, aqui ter servido, aqui ter trabalhado para o Senhor Mendes.
Os anos foram passando, a casa foi vendida, comprada, revendida, esquecida e as paredes foram-se cansando de tanto esperar por um destino que tardava e era desconhecido.
A degradação foi tomando conta dela. Por questões de segurança foram derrubadas partes das suas paredes grossas. Mas o perigo continuava e este cartão-de-visita envergonhava-nos a todos. Era difícil tornear a questão porque a casa era particular.
Estivemos numa reunião em finais de 2005 onde nos foi apresentado um projecto para neste local se instalar um centro de Dia. Espaço demasiado exíguo e estimativa de custos demasiado elevada para o que se pretendia. As vozes discordantes fizeram-se ouvir e com razão. Depois, o tempo foi passando.
Quase oito anos depois, aqui estamos, neste final de tarde, para nos associarmos a uma obra que foi feita quando pôde ser feita, que avançou quando foi possível.
Damos-lhe os parabéns pela obra que apresenta, pelo espaço que hoje vai ser inaugurado e que a partir de agora estará à disposição dos Colmealenses, por este «Cantinho da Saudade» que apaga definitivamente da nossa memória a nódoa, o perigo e a vergonha que aqui estava.”

Fotos de A. Domingos Santos


Sem comentários: