sábado, 4 de janeiro de 2014

A União marcou presença




Foi na Casa do Concelho da Pampilhosa da Serra, ali às Escolas Gerais, encastoada no meio de Alfama, o bairro típico lisboeta que na primeira metade do século passado acolhia mais de 30% de população oriunda daquele concelho, que no passado dia 20 de Novembro foi apresentado o livro “O Apostolado Cívico pela Escrita” que pretende comemorar os 150 anos do nascimento de José Maria Alves Caetano.

José Ferreira, presidente da Casa, não escondia o seu contentamento por ali se estar a proceder à apresentação de um livro, reunindo uma colectânea de artigos da autoria de um homem que também esteve ligado ao nascimento daquela casa concelhia. Também José Brito, presidente da Câmara Municipal da Pampilhosa da Serra, se referiu em termos elogiosos ao trabalho desenvolvido por Alves Caetano, que sempre dedicou a sua vida a lutar pelo desenvolvimento e pelo bem-estar da região que o viu nascer. José Almeida Serra fez a apresentação dos autores da obra, António Alves Caetano e Miguel Caetano, filho e neto do autor dos textos escolhidos para o livro, e realçou o interesse que este tem para que nos tempos de hoje se fiquem a conhecer as vivências da primeira metade do século passado.

António Alves Caetano a terminar as intervenções, recordou o passado nem sempre fácil de seu pai, que deixou a aldeia que o viu nascer quando apenas tinha 15 anos de idade e deu conhecimento das motivações que o levaram a preparar e a produzir esta obra, que começou a germinar quinze anos antes, para que a sua aparição se desse nesta data em que se comemoram os 150 anos do nascimento do seu progenitor.

Como se pode ler na contra capa do livro e como nós já tivemos oportunidade de referir mais detalhadamente neste blogue, José Maria Alves Caetano “Foi o grande impulsionador do Associativismo Regional, mobilizador das vontades, tanto das populações locais como nos núcleos de emigrados, principalmente de Lisboa”. 

A União Progressiva esteve presente na apresentação deste livro, que brevemente estará á sua disposição na Biblioteca no Colmeal.


Foto de A. Domingos Santos

Sem comentários: