terça-feira, 24 de setembro de 2013

MENTE SÃ; CORPO SÃO



Já pensou porque é que cada vez mais os médicos aconselham os seniores a caminhar regularmente? A REVIVER apresenta-lhe as principais razões para sair de casa com o seu fato de treino e caminhar um pouco. Acredite que está é a maneira mais simples, económica e independente de fazer exercício físico. A ciência já comprovou os seus benefícios, damos a sugestão para experimentar e comprovar por si próprio.

Saiba quais os 8 benefícios que caminhar trazem à sua saúde

1.Melhora a circulação e diminui a pressão arterial
Um estudo efectuado no Brasil, chegou à conclusão que caminhar cerca de 40 minutos é capaz de reduzir a pressão arterial durante 24 horas após o exercício. Ao caminhar esse tempo, o fluxo de sangue aumenta, diminuindo a pressão. Outro dos aspectos é que as válvulas do coração irão trabalhar mais, melhorando a circulação e o sangue fixa mais rico em oxigénio.

2.Limpa os pulmões
Ao caminharmos com frequência, as trocas de gases que ocorrem nos pulmões passam a ser mais fortes, o que faz limpar os pulmões de impurezas, diminuindo o catarro e as poeiras. Esta também pode ajudar a dilatar os brônquios e a prevenir a bronquite.

3. Previne e diminui o avanço da Osteoporose
Ao andarmos estamos a estimular os nossos ossos. O impacto dos pés com o chão e a movimentação de todo o esqueleto criam estímulos eléctricos que ajudam a absorver o cálcio dos alimentos que consumimos, deixando os ossos mais fortes e com menor possibilidade de desenvolver osteoporose. Quando se passa a sofrer da doença, caminhar pode diminuir o avanço da doença, segundo os profissionais.

4. Melhora a saúde mental e o bem-estar psíquico
Quando passamos a praticar qualquer tipo de exercício, o nosso corpo liberta uma quantidade maior de endorfina, que produz uma sensação de alegria e relaxamento. O local onde caminha, seja em jardins, parques ou até à beira mar pode melhor a sua saúde mental, criando um melhor humor e um aumento de auto-estima.

5. Retarda o envelhecimento do cérebro
Um estudo efectuado nos Estados Unidos demonstra que as caminhadas ajudam em problemas e de atenção. Também aumenta a capacidade do cérebro em responder a variados estímulos, seja a nível da visão, som ou de olfacto. Outro estudo do mesmo país afirma que se fizerem caminhadas de 10 quilómetros semanais, diminui o risco e ajuda na prevenção de alguns tipos de demência.

6. Ajuda a eliminar as insónias e a ter mais energia durante o dia
As caminhadas efectuadas durante a manhã, permitem ao nosso corpo ter um pico na produção de substâncias como a adrenalina. O que torna a pessoa mais activa e menos sonolenta nas horas seguintes. Logo afecta na hora de dormir. Passamos a adormecer mais rápido e reduzimos a hipótese de insónias.

7. Queima calorias e controla a vontade de comer
Uma pessoa que não pratique qualquer tipo de exercício e comece a caminhar irá conseguir queimar um maior número de calorias, reduzindo as gorduras localizadas. Mas outro factor que equilibra o peso é a aceleração do metabolismo, que deriva do aumento da circulação, respiração e actividade muscular. Em Inglaterra, um estudo revela que ao caminhar cerca de 15 minutos numa passadeira ajuda a diminuir o stress, o que diminui a vontade de comer certos doces e guloseimas que são muitas vezes consumidos devido a distúrbios emocionais.

8. Diminui a possibilidade de enfartes
Aqueles que caminham conseguem com que os seus vasos sanguíneos fiquem mais elásticos e dilatados quando existe alguma obstrução. Um factor que impede que as artérias entupam ou deixem de transportar o sangue, diminuindo assim a possibilidade de enfartes.

Iniciação à caminhada

Para aqueles que querem começar a caminhar devem-no fazer de forma progressiva. Comecem por uma caminhada de 10 ou 15 minutos e vão aumentando gradualmente, conforme forem sentindo melhorias a nível de resistência. Tente sempre escolher um local agradável e se possível o mais próximo da natureza para ter uma sensação de bem-estar quando pratica o exercício. Deixamos a sugestão de caminhar logo pela manhã. É uma forma de sentir os efeitos positivos ao longo do dia. Deve tomar alguns cuidados com a postura e a técnica adequada durante o decorrer do exercício. Opte por uma postura erecta e elegante, com os ombros e o pescoço relaxado e não se esqueça que deve ter sempre o queixo para cima para olhar em frente. Deve também contrabalançar os movimentos dos braços com os das pernas, mantendo os cotovelos sempre flectidos num ângulo de 90 graus. E não se esqueça que ao dar um passo, o calcanhar deverá ser a primeira parte do pé a assentar no chão, seguindo-se o desenrolar do pé até à sua extremidade, os dedos. As caminhadas são cada vez mais a escolha dos médicos para as pessoas idosas. Não é um exercício demasiado exaustivo e traz inúmeras vantagens à sua saúde física e mental. Esta também é uma óptima forma de aproveitar o seu tempo livre, por isso poderá estar na altura de retirar o fato de treino e os ténis do armário e dar-lhes o seu uso devido.

in Revista REVIVER Edição nº4 | Julho 2013



1 comentário:

Catarina disse...

Concordo Plenamente!
Uma caminhada por dia, nem sabe o bem que lhe fazia!
No Colmeal, há muitos locais agradáveis, onde se pode realizar belas caminhadas e ao mesmo tempo, contemplar a natureza.