terça-feira, 23 de abril de 2013

Dia Mundial do Livro



No Dia Mundial do Livro a UNESCO destaca os benefícios da leitura.

Esta terça-feira, 23 de Abril, é o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor.
Irina Bokova, directora-geral da UNESCO, a agência da ONU para a Educação, Ciência e Cultura, destaca que os países estão a celebrar o poder que os livros têm para "reunir pessoas e transmitir a cultura dos povos".

Irina Bokova afirma que a data é propícia para se reflectir sobre as mudanças do mercado editorial. Para a chefe da UNESCO, os "livros digitais oferecem novas oportunidades de acesso ao conhecimento, a preços reduzidos e alcançando grandes áreas geográficas." Lembra, porém, que os livros tradicionais, de papel, ainda têm grande poder: são seguros contra a falsificação, portáteis e resistem ao "teste do tempo". A diretora da UNESCO acredita que "todos os tipos de livros contribuem de forma valiosa para a educação e disseminação da cultura e da informação".

A cidade de Banguecoque, na Tailândia, foi escolhida pela UNESCO como a "Capital Mundial do Livro 2013", em reconhecimento ao seu programa para a promoção da leitura entre os jovens de classes menos favorecidas.

Bokova reforça o compromisso da agência com a promoção da diversidade editorial, da protecção da propriedade intelectual e do acesso justo aos livros. Para ela, os livros devem ser muito mais do que um objecto, porque são "a invenção mais bonita para compartilhar ideias que vão além do espaço e do tempo."

Da Internet

Sem comentários: