quarta-feira, 28 de março de 2012

António Alcindo de Almeida



António Alcindo de Almeida, filho de Manuel de Almeida e de Felicidade de Jesus Braz, nasceu no Loural (Colmeal – Góis), em 21 de Julho de 1944.

Por proposta de António dos Santos Almeida (Fontes) em 31 de Outubro de 1963 foi admitido como sócio na União Progressiva da Freguesia do Colmeal tendo vindo a desempenhar o cargo de Vogal da Direcção entre 21 de Março de 1971 e 26 de Janeiro de 1975.
Após alguns anos sem qualquer função atribuída voltou como Tesoureiro em 31 de Março de 1984, cargo que desempenhou até 26 de Março de 1994, data em que assumiu a presidência do Conselho Fiscal. Em 4 de Outubro de 1997 reassume o cargo de Tesoureiro que mantém até 26 de Junho de 2003.

Desenvolveu a sua vida profissional na actividade seguradora, não descurando outras oportunidades complementares que lhe surgissem.
No campo associativo e regionalista foi também fundador e dirigente da Liga dos Amigos de Aldeia Velha e Casais. Era membro da Comissão da Fábrica da Igreja Paroquial do Colmeal e desde há vários mandatos que desempenhava o cargo de Tesoureiro na Junta de Freguesia do Colmeal.
Aproveitava o pouco tempo disponível para se dedicar à família e à apicultura.

A notícia do seu falecimento a todos nos deixou incrédulos. Cedo demais partiu do nosso convívio. Vamos despedir-nos dele na próxima sexta-feira, no Colmeal.
À família enlutada apresentamos as nossas mais sentidas condolências.

Foto de arquivo da UPFC
Memorial da UPFC

6 comentários:

Anónimo disse...

Uma tristeza e uma pena. Era um homem bom que, como se diz na notícia, serviu durante anos a freguesia, integrando o respetivo Executivo de Junta.
Penso nele, e abraço muito solidaria e carinhosamente a sua família.

Lisete de Matos
Açor, Colmeal

Anónimo disse...

No céu brilha mais uma estrela!!!
Meu querido padrinho, que os Anjos do Céu te recebam de braços abertos.
Estou profundamente triste com a tua partida tão repentina de junto de nós, mas também seria demasiado egoísta exigir que estivesses junto a mim eternamente.
Chegou a hora de descansares das agruras que tiveste de enfrentar nesta vida.
Sei que os avós, os teus irmãos e cunhados aguardam-te com muita alegria.
Obrigado pelo prazer que nos deste de privarmos contido durante estes anos.
A vida ensinou-me que a palavra Adeus é demasiado forte, por isso eu digo-te ATÉ BREVE!!!
Do teu afilhado que muito te amava.

RUI PEDRO HENRIQUES

Manuela disse...

A Freguesia do Colmeal ficou hoje mais pobre ao perder um dos seus filhos, que ao longo da vida pugnou pelo seu engradecimento.
O nosso Alcindo partiu, mas ficará para sempre no coração dos seus inúmeros amigos.
Um abraço de amizade a todos os seus familiares neste momento de grande dor.

Fernando Algarvio disse...

Uma dedicação muito grande à colectividade e freguesia. Ficámos todos mais pobres. Os pêsames à família.

JP disse...

Em nome de todos os meus familiares os mais sinceros pêsames à família.
Muita força.

João Pedro Almeida

Anónimo disse...

A Direcção da Liga dos Amigos de Aldeia Velha e Casais lamenta o adeus de António Alcindo de Almeida.
Durante mais de 40 anos que pertenceu aos corpos sociais desta colectividade até 2010. Mesmo após a sua saída nunca deixou de colaborar com Aldeia Velha e sua Liga nos eventos realizados.
Todos conheciamos o Alcindo. Todos perdemos com a sua partida.
A toda a familia enlutada, os nossos votos de sentido pesar.

A Direcção da LAAVC