sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Freguesia do Colmeal nas Grandes Opções do Plano para 2012



A Câmara Municipal de Góis aprovou as Grandes Opções do Plano e Orçamento para o ano de 2012, na reunião do Executivo Camarário, realizada no passado dia 13 de Dezembro.

No documento apresentado como nota introdutória ficou bem claro que se pretende “…mais uma vez satisfazer as necessidades dos munícipes e/ou a minimização dos seus problemas e carências. Sem prejuízo de completarmos os investimentos já lançados, optámos, assim, pelo redireccionamento da despesa de capital no sentido de melhorar as infra-estruturas existentes ao invés de criar novas cuja execução orçamental poderia estar em risco. A revisão do posicionamento do Executivo não é motivada por uma postura conservadora mas, antes, de prudência básica dadas a volatilidade e a imprevisibilidade das políticas comunitária e governamental.”

Conforme divulgou a presidente da Câmara Municipal de Góis, durante a reunião do Executivo Camarário em conjunto com os diferentes presidentes das Juntas de Freguesia, foram ainda definidas prioridades em cada freguesia, destacando-se na do Colmeal:

• requalificação das calçadas

• construção da estação de tratamento de águas residuais

• conclusão do estradão Açor-Ádela.

A União Progressiva da Freguesia do Colmeal que há alguns anos vinha insistindo para a grande necessidade de beneficiação dos arruamentos no Colmeal fica bastante satisfeita com a sua inclusão nas Grandes Opções do Plano para o corrente ano e aguardará com muita expectativa a sua concretização.

A Senhora Presidente da Câmara de Góis, Dr.ª Maria de Lurdes Oliveira Castanheira, já na véspera e durante a Festa de Natal organizada pela União tivera a gentileza de informar os presentes quanto a estas prioridades inscritas nas GOP para 2012.

4 comentários:

Anónimo disse...

Falta TDT

Anónimo disse...

O Município convidou a população a estar presente numa sessão de esclarecimento onde foram dados esclarecimentos sobre a TDT.
Os televisores que se encontram à venda no mercado já estão preparados para receber a TDT. Apenas se terá que ligar o cabo de antena e em alguns casos reorientar a antena.
Quem tem um televisor convencional terá que adquirir um descodificador e ligá-lo ao televisor.
Se for numa área que não tenha cobertura TDT, o que poderá acontecer maioritariamente nas freguesias do Colmeal e de Alvares, o sinal terá que chegar via satélite, o que obriga à aquisição de uma box.
Quem já tem TV por cabo não precisa de fazer nada.

Anónimo disse...

Um mínimo de respeito seria bom, quando o que está em questão é a pertuação da desigualdade a que os cidadãos se encontram votados, sendo precisamente os mais desfavorecidos, porque já o são, a terem de pagar custos acrescidos.

Lisete de Matos
Açor, Colmeal

Anónimo disse...

Mais uma vez se confirma que as aldeias da freguesia do Colmeal não fazem parte deste mundo.
Quanto mais isoladas e com moradores envelhecidos e sem grandes possibilidades e em que a televisão é uma companhia, agora, para ajudar, toma lá a TDT e se quizeres ver vai comprar o aparelho.
Quanto menos se tem mais se lhes tira. Que haja alguém que veja isto.