domingo, 18 de dezembro de 2011

Natal no Colmeal



Foi um acordar diferente naquela manhã do passado domingo, dia onze. A névoa lá foi subindo devagarinho a encosta e abrindo o caminho ao Sol, porque ele também queria estar connosco na festinha de Natal.



Após a missa dominical e correspondendo ao convite da União Progressiva, os Colmealenses dirigiram-se para o Centro Paroquial Padre Anselmo, onde os aguardava a já tradicional Festa de Natal. Aproveitando a agradável temperatura no exterior os cumprimentos e a conversa alongaram-se um pouco mais.





Lá dentro o calor da lareira foi facilmente suplantado pelo calor humano que encheu por completo o espaço e onde a boa disposição era bem visível. A mesa, convidativa, evidenciava o trabalho e o carinho daqueles que continuam a partilhar um pouco de si com todos os outros.



António Santos, presidente da União Progressiva dirigiu-se a todos agradecendo o terem respondido afirmativamente ao convite e manifestou a sua especial satisfação pela presença da Presidente e do Vice-presidente da Câmara Municipal de Góis. Destacou a colaboração da Fábrica da Igreja, da Junta de Freguesia do Colmeal e da Cáritas e também das senhoras, que uma vez mais tomaram a seu cargo os doces. Referiu-se ainda à presença da União na recente Gala de Voluntariado realizada na sede do concelho e finalizou agradecendo a um casal de associados a oferta de um equipamento de manutenção que a colectividade colocará à disposição de todos os Colmealenses.


Carlos de Jesus, presidente da Junta de Freguesia do Colmeal, felicitou a União pela iniciativa e manifestou o seu agrado por tantas presenças. Centrou a intervenção na sua grande preocupação com a discussão da Reforma da Administração Local que prevê a extinção de um elevado número de freguesias. Mas a redução poderá e deverá ser feita sem diminuir a efectividade do poder local e os critérios adoptados pelo Governo não têm em conta as diferenças entre o meio urbano e o meio rural, ao usar a distância da sede do município como indicador. Quanto mais rural e interior menos sentido fará extinguir freguesias. Tudo fará e para isso tem o apoio da Senhora presidente da Câmara de Góis para que a freguesia do Colmeal não seja extinta.



Lisete de Matos, presidente da Assembleia de Freguesia do Colmeal, regozijou-se por naquele espaço se encontrarem várias gerações, que estando ali presentes eram mais importantes do que os outros “presentes”. Referiu-se com alguma emoção à criança recentemente nascida na aldeia do Soito e que iria receber a sua prendinha, e de como apreciava particularmente a realização da Festa de Natal, uma iniciativa que a União não deve deixar que se perca.




Maria de Lurdes Castanheira, presidente da Câmara Municipal de Góis, acompanhada do Vice-presidente e de um seu Assessor, mostrou-se muito sensibilizada e enalteceu o trabalho que a colectividade tem desenvolvido e congratulou-a pela iniciativa que mantém há algumas décadas. Manifestou também a sua preocupação quanto ao processo da Reforma da Administração Local, mas acredita que haverá bom senso na solução final e está solidária com Carlos de Jesus, na defesa da manutenção da freguesia do Colmeal.
Continuando a sua intervenção deu a todos uma boa notícia que de imediato foi aplaudida – o problema das calçadas no Colmeal será resolvido em 2012.



















A distribuição das prendas, sempre ansiosamente aguardada, chegou finalmente. As poucas crianças presentes evidenciavam o problema de desertificação que se vive no interior e do natural envelhecimento da população. Algumas famílias que procuraram o nosso país e as nossas aldeias para viver tentam com a sua juventude contrariar um pouco o isolamento e a solidão dos residentes, cada vez em menor número.







A terminar este agradável convívio as senhoras presidentes da Câmara de Góis e da Assembleia de Freguesia do Colmeal ajudaram o presidente da União a entregar uma pequena lembrança aos mais pequenos de outros tempos.

A Direcção da União Progressiva da Freguesia do Colmeal, colectividade que está a comemorar os seus oitenta anos de existência, agradece muito reconhecidamente a todos os que tornaram possível este convívio e os momentos de felicidade e alegria vividos e partilhados pelas várias gerações presentes.

A todos um grande BEM HAJAM!

Fotos de Catarina Domingos, Francisco Silva e Nuno Silva

1 comentário:

Anónimo disse...

Chegou cedo, este ano o Natal, e foi uma festa muito bonita. Talvez por causa das preocupações que nos afligem - a que o senhor Presidente da Junta de Freguesia se referiu - foram muitos os que quiseremm constituir presente oferta de Natal de uns em relação aos outros, e presente atualidade dizendo que estamos unidos e coesos na esperança do futuro e na vontade de o manifestar ainda mais. Com o apoio incondicional da senhora Presidente da Câmara Municipal e do senhor Vice-Presidente que também quiseram estar e ser presentes. Obrigada pela iniciativa, pela participação também.

Feliz Natal.

Lisete de Matos

Açor, Colmeal