sexta-feira, 28 de maio de 2010

Conversando

Enquanto a chuva não volta, eles dão mais dois dedos de conversa. António Ramos de Almeida, Manuel Gomes de Carvalho e Domingos Manuel Nunes. Foi pela Páscoa, no Colmeal. Foto de Francisco Silva

Receitas da Freguesia do Colmeal

.
Borrego com Batatas Assadas no forno
1 Kg. de Batatas
1, 500 Kg. de Borrego
2 Cebolas
2 Dentes de Alho
2 Folhas de Louro
2 pernadas de Zarpão
0,50 L de Vinho Branco
2 dl. de Azeite
50 gr. de Margarina
Corte o borrego aos bocados e coloque num tacho.
Tempere a carne de borrego com as cebolas às rodelas, alho picado, folhas de louro, zarpão, vinho branco, colorau, sal, azeite e margarina e acrescente um pouco de água.
Deixe a marinar de um dia e depois coloque no forno 2 horas.
À parte descasque as batatas, corte-as aos quartos e disponha-as num tabuleiro. Retire um pouco de molho da carne, acrescente às batatas e leve-as ao forno para assar.
Decorrido o tempo, acompanhe o borrego com as batatas assadas. A receita apresentada (borrego com batatas assadas no forno) foi disponibilizada por Fernanda Neves, residente no Carrimá

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Encostas floridas

Nesta época do ano rosmaninho de cheiro e sargaços enchem de colorido e encanto as nossas serranias. Aproveite para nos visitar. Foto de Catarina Domingos

O melhor da Beira Serra apresenta-se em Lisboa

.
Mel, vinho, queijo, azeite e enchidos são apenas algumas das muitas atracções que a Loja Portugal Rural apresenta até ao final da semana
"Sabores e saberes da Nossa Terra" dá o mote para uma semana inteiramente dedicada à Beira Serra, que começou ontem e se prolonga até sábado, em Lisboa. A Loja Portugal Rural, em Campo de Ourique, é o espaço de acolhimento deste evento, que inclui hoje, ao final da tarde, uma mostra de sabores e de cultura. Em causa está uma iniciativa da ADIBER, Associação de Desenvolvimento Integrado da' Beira Serra, que aposta na divulgação promoção e afirmação dos produtos mais característicos da região, particularmente de carácter agro-alimentare também ao nível do artesanato, sublinha Miguel Ventura acrescentando que "mais de 30 produtores estão representados nesta mostra". A primeira semana de promoção dos produtos da Beira Serra em Lisboa aconteceu em Fevereiro de 2006, recorda o secretário da direcção da ADIBER, sublinhando "o êxito" do evento e o "interesse que despertou junto dos próprios produtores, que acabaram por exercer. "força de pressão" junto da ADIBER, no sentido de "repetir esta Semana da Beira Serra. Desta forma, desde ontem e até ao final da semana, em pleno Campo de Ourique sentem-se os sabores e sabores da Beira Serra, uma vez que, explica Miguel Ventura, a Loja Portugal Rural dá prioridade à comercialização e venda destes produtos. Significa que os clientes habituais do espaço quase podem "tropeçar" nos produtos endógenos da região. Aquele responsável destaca, em especial, três lotes" de produtos certificados, que incluem o mel Serra da Lousã, o queijo Serra da Estrela e também o vinho Dão. "São três produtos amplamente reconhecidos e certificados", aos quais se junta uma panóplia de outros produtos" com destaque especial para os agro-alimentares. Miguel Ventura aponta os enchidos de Arganil e de Tábua e, a par do puro Serra da Estrela, queijo de cabra proveniente de Góis ou queijo tradicional de Arganil. Destaque ainda para o azeite, para os licores e compotas e para os tradicionais bolos e biscoitos da região. A esta componente mais gastronómica juntam-se as tradições da Beira Serra, através da presença do artesanato, espaço relativamente ao qual Miguel Ventura destaca os cobres e a latoaria de Oliveira do Hospital, os trabalhos de tapeçaria e linho, as colheres de pau ou os trabalhos efectuados em xisto, só para apontar os casos mais emblemáticos. Miguel Ventura sublinha a presença de "mais de 30 produtores", muitos dos quais já receberem, refere, apoio da ADIBER, no âmbito do programa Leader e, portanto, esta é uma outra alavanca, já não relativamente à produção, mas centrada na. promoção dos seus produtos. Aliás, aquele responsável sublinha que "neste momento, o maior constrangi- mento que este tipo de actividade tem na nossa região, é dar-mos "o salto", uma vez que já. foi feito um grande investimento nas condições de produção". Sem negar que "ainda há muito a fazer", a prioridade está "nas condições de comercialização e distribuição". "Poucos produtores conseguem ganhar escala e chegar, por exemplo, a Coimbra", reconhece, sublinhando que um dos objectivos deste certame . passa, também, por "demonstrar aos produtores que estamos ao lado deles e com eles queremos encontrar as melhores soluções para o escoamento dos seus produtos.
. in Diário de Coimbra, 26/05/2010

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Cabras a pastar

Ainda há quem dedique um pouco do seu tempo a cuidar dos animais. Até quando? Foto de A. Domingos Santos

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Curandeiro

Artur Domingos da Fonte (veja-se o seu ar compenetrado) evidencia os seus dotes de enfermagem no nariz do Manuel Martins dos Santos quando se preparava o transporte das mesas e bancos para o convívio nas Seladas. O nariz ficou "bem pensado"... e o convívio correu bem. Fotos de A. Domingos Santos

Isaura Fernandes homenageada

No meio associativo regionalista Isaura do Carmo Costa Fernandes é apelidada de "Dama do Regionalismo Pampilhosense". Dirigente da Liga Pró-Melhoramentos da Freguesia de Fajão durante mais de trinta e cinco anos, foi homenageada no passado domingo num almoço que juntou cerca de centena e meia de amigos e de regionalistas.
.
Entre muitas prendas recebidas a Casa do Concelho da Pampilhosa da Serra atribuiu-lhe o Galardão de Mérito Regionalista e a Câmara Municipal a Medalha de Prata do concelho.
A Comissão Organizadora está de parabéns por esta homenagem e sabendo do gosto antigo de Isaura Fernandes pelo fado (viveu muitos anos no bairro da Mouraria) proporcionou-lhe uma sessão em que também ela foi fadista. .
A União Progressiva da Freguesia do Colmeal esteve presente na cerimónia e sentiu orgulho na sua associada alvo de tão justa homenagem a quem congratulou no Livro de Honra. Também a Comissão de Melhoramentos de Ádela, ao mais alto nível, se associou a esta homenagem. A. Domingos Santos

Igreja do Colmeal

Pormenor do interior. Foto de A. Domingos Santos

FESTAS DO CARVALHAL DO SAPO

Mais um vez vai esta aldeia viver a alegria das suas festas anuais, em honra do seu Orago, São João Baptista Este ano serão realizadas no dia 26 de Junho. PROGRAMA DAS FESTAS - 2010 Sexta feira, 25 de Junho
08.00,horas-Abertura do evento com música da aparelhagem sonora - Som Argus Sabado, 26 de Junho 08.00, horas às 21.30 -Espaço animado pelo Som Argus 10.00, horas - Chegada da Banda Filarmónica Avoense 10.20, horas - Arruada da Banda, pelas ruas da aldeia 10.40, horas - Missa Solene, celebrada na capela da aldeia. Seguindo-se a tradicional procissão pelo habitual percurso das ruas da aldeia, acompanhada pela Banda Filarmónica Avoense. 13.00, horas - Tradicional leilão das oferendas 16.30, horas - Actuação final da Banda Filarmónica Avoense 17.00, horas - despedida da Banda 22.00, horas - Inicio do tradicional baile abrilhantado pelo Conjunto Musical - LAMIRÈ 01.00, hora - Encerramento da actuação do Conjunto Musical - Lamiré DOMINGO, 27 DE JUNHO 08.00, horas - Alvorada com musica da aparelhagem sonora SOM ARGUS 15.00, horas - ENCERRAMENTO DAS FESTAS A Mordomia tem uma enorme satisfação em convidar todos vocês a estarem presentes na festa da nossa aldeia. Contamos com a presença de todos. Venha divertir-se e conviver connosco.
Acacio Moreira

Entardecer

Foto de A. Domingos Santos

domingo, 16 de maio de 2010

Pelos Trilhos da Mimosa

Foi no passado dia 1 de Maio que a União Progressiva da Freguesia do Colmeal voltou aos caminhos antigos, desta vez “Pelos Trilhos da Mimosa”. A partida foi dada cerca das 9 horas do Largo D. Josefa das Neves Alves Caetano. Das Seladas seguiu-se pela estrada velha até ao Vale de Asna onde foi possível visitar as instalações e apreciar o queijo ali produzido. Foi uma pausa muito oportuna que serviu também para o reagrupamento dos participantes. Seguiu-se a passagem pela Mimosa e depois o Salgado, onde o Grupo de Amigos de Sobral, Saião e Salgado se esmerou para receber os caminheiros. Pelo Saião a caminho do Sobral foi percorrido um espectacular trilho que há muitos anos não era utilizado. A etapa final levou os participantes até ao Parque de Merendas nas Seladas onde o almoço os aguardava. O convívio prolongou-se pela tarde. A Delegação da União Progressiva no Colmeal desenvolveu um excelente trabalho na organização desta caminhada e foi o interlocutor privilegiado, graças ao factor de proximidade, nos contactos com a Junta de Freguesia, com vista ao habitual apoio e colaboração para a limpeza dos caminhos e que desta vez foi particularmente difícil. O Grupo de Amigos de Sobral, Saião e Salgado também se associou a esta realização e o seu empenho foi bem evidente na recepção dada aos participantes nas suas instalações no Salgado. A. Domingos Santos .
Fotos de Catarina Domingos e Francisco Silva

OLHA! UM ENXAME!

.

Novas fotografias

Depois de um período de acalmia motivado por obras nos nossos "estúdios" estamos a preparar um conjunto de novas fotografias que publicaremos brevemente.

ÁDELA em Torneio de Futsal

A Casa do Concelho de Pampilhosa da Serra promove a realização, pelo quarto ano consecutivo, do seu Torneio de Futsal Inter Filiadas. Conforme notícia publicada em Março no Serras da Pampilhosa, face ao “êxito alcançado nos anos anteriores, e pelo interesse que já vai despertando nos jovens que integram a vasta comunidade pampilhosense na região da Grande Lisboa, informam-se todas as colectividades filiadas, associados, pampilhosenses e conterrâneos em geral, que o torneio decorrerá no local habitual, no Recinto Polidesportivo do Clube Futebol Varejense (ao lado do cemitério do Alto de S. João – Lisboa), com início no dia 17 de Abril de 2010 e se prolongará pelos sábados seguintes até ao dia 29 de Maio.” Continuando a citar o Serras da Pampilhosa, “O torneio tem por principal finalidade a promoção do desporto entre a comunidade pampilhosense residente na região da Grande Lisboa e não só, bem como, proporcionar a confraternização, reactivando o contacto entre conterrâneos, amigos e associados de colectividades congéneres, especialmente os mais jovens.” A inscrição de 14 equipas revela o empenho e entusiasmo que as colectividades conseguiram transmitir às suas camadas mais jovens. Trinhão, Covanca, Carvoeiro, Carvalho, Vale Derradeiro, Meãs, Camba, Vale Serrão, Vale de Pereiras, Maria Gomes, Ceiroco, S. B. Corvense, G. S. Adicense e a Comissão de Melhoramentos de Ádela, da freguesia do Colmeal – concelho de Góis, responderam afirmativamente ao convite da Casa do Concelho de Pampilhosa da Serra.
O Torneio, organizado em duas séries, começou com o jogo entre as equipas de Trinhão e Covanca (4-2). Depois, pelas 16 horas, defrontaram-se Ádela e Camba.
Gentil, dirigente do Grupo de Amigos de Sobral, Saião e Salgado e João Lourenço, presidente da Assembleia-Geral da Comissão de Melhoramentos de Ádela, confraternizam no intervalo do jogo.
No decorrer da segunda parte, a equipa de Ádela tentou recuperar dos quatro golos que sofrera na primeira metade, mas apenas conseguiu marcar um contra dois do adversário.
Paulo Casquinha, presidente da Comissão de Melhoramentos de Ádela, entre palavras de incentivo para dentro do campo, para os “seus jogadores”, ia tirando algumas fotografias.
João Lourenço e Carlos Simões, durante o intervalo do jogo. Dois homens que já muito deram ao Regionalismo mas que continuam em grande ritmo, porque ainda muito mais têm a dar. Carlos Simões, Vogal para o Desporto, Cultura e Recreio da Casa do Concelho de Pampilhosa da Serra, a quem endereçamos os nossos sinceros parabéns, é o grande responsável pela realização de mais este Torneio. Felicitamos a Comissão de Melhoramentos de Ádela pela sua participação. Não é a “internacionalização” mas a prova de que a “inter regionalização” é possível e que, quando se quer, não há fronteiras entre concelhos. O Regionalismo precisa de quebrar algumas dessas fronteiras, que não sendo por mal, por vezes se levantam. A. Domingos Santos Texto e fotos
.