segunda-feira, 19 de novembro de 2007

Biblioteca da União


No almoço comemorativo dos 74 anos da União, em Setembro de 2004, informámos da ideia de criação de uma biblioteca no Colmeal.
Adesão imediata de alguns sócios com donativos, livros e palavras de regozijo pela iniciativa. Outras pessoas houve que colocaram reticências. Nós próprios, temos que reconhecer, não pensávamos atingir um patamar tão elevado.
De três blocos de estantes comprados inicialmente, tivemos que passar para o dobro face ao número de livros que nos iam chegando e graças ao donativo anónimo de um sócio.





Dias antes da inauguração a azáfama era evidente. Montagem de mais estantes, retoques na pintura, quadros a colocar nas paredes brancas e nuas, a recordarem grandes nomes do Regionalismo Colmealense.




Com seis estantes na parede do fundo a Biblioteca da União já apresentava um outro ar.
Mesas e cadeiras ajudavam a compor o espaço.
Em 10 de Dezembro de 2006, aquando da sua inauguração e ao informarmos de que muitos livros tinham permanecido em caixas, por falta de estantes, logo ali tivemos a prova, mais uma vez, da resposta imediata dos nossos sócios com donativos para a compra de mais.



E pouco tempo depois, o entusiasmo e a alegria voltaram ao Centro para a montagem de mais quatro estantes e a distribuição de mais livros.
Pena que o espaço, graciosamente cedido pela Fábrica da Igreja Paroquial, seja exíguo.





É que temos outros tantos livros, já preparados para se levarem para o Colmeal.
Mas outros mais estão em fase de preparação e de selecção para que os Colmealenses os possam ler, calmamente em suas casas, no aconchego do calor de um fogão ou de uma lareira próxima.
E quando dizemos que não pensávamos atingir um patamar tão elevado... a prova está aí.
E no Colmeal, as pessoas voltaram a ler.
O que muito nos apraz registar.
E se tiver livros para a Biblioteca da União, contacte-nos.
A falta de espaço de agora, acreditamos que venha a ter solução num futuro próximo.
A todos os que contribuíram para tornar este sonho uma realidade, os nossos sinceros agradecimentos.

UPFC

Sem comentários: